Município

Turismo

Apoio ao Munícipe

Intervenção Social

Educação

Dados Gerais

jaldeiaPopulação - 280 Habitantes (Censos 2011)
Área -126,5 KM2
Orago - Santa Margarida

Aldeia Velha

Típica aldeia alentejana, onde predominam as pequenas casas caiadas de branco e onde a tranquilidade das gentes se estende ao verde da paisagem, em que sobressaem sobreiros, azinheiras e eucaliptos.

Com uma área de 12.596 hectares, o território de Aldeia Velha é o que se situa mais a poente do Concelho, encontrando-se limitado a norte a e poente pelo Concelho de Ponte de Sor, a sul por Mora e a localidade de Maranhão e a nascente com a Freguesia de Avis.
Os caminhos de terra batida que rodeiam a aldeia convidam à exploração por parte dos apreciadores de passeios pedestres, de BTT e moto 4.

Entre o muito que a natureza tem para oferecer, destaca-se um espaço de rara beleza: uma pequena queda de água, localizada perto da povoação, habitualmente designada de "Pego do Inferno".

A ribeira de Santa Margarida, as pequenas barragens e a contiguidade das duas albufeiras (do Maranhão e de Montargil) fazem de Aldeia Velha um local de eleição para os adeptos dos desportos náuticos e para os apreciadores do contacto com a natureza.

A riqueza natural deste território está patente no facto de uma parte significativa do mesmo integrar a Rede Natura 2000 (rede ecológica do espaço comunitário que tem como objetivo contribuir para assegurar a biodiversidade através da conservação dos habitats naturais e da fauna e flora selvagens no território europeu dos Estados-membros). A nível nacional trata-se do sítio onde se encontram melhor representados e conservados os montados, proporcionando um habitat a uma comunidade significativa de aves, sobretudo de rapina, associadas ao montado de sobro.

Os vestígios arqueológicos encontrados nesta região indicam que Aldeia Velha terá sido povoada desde muito cedo, embora os primeiros documentos que a ela se referem datem do século XVI, mais concretamente de 1556, quando era curato da apresentação do Frei Amador. De acordo com a documentação, em 1568, era capelão desta paróquia o Frei André Soudo. Em 1721, o prior desta povoação referiu mesmo, num documento, que a igreja ali situada era das mais antigas da Ordem de Militar de S. Bento de Avis, embora não encontrasse em nenhum registo a data da fundação da mesma.

Galeria Fotográfica

  • f1

    f1

  • f2

    f2

  • f3

    f3

  • f4

    f4

  • f6

    f6

  • f7

    f7

  • f10

    f10

  • f11

    f11

  • f12

    f12

  • f13

    f13

Links úteis

Revista de Imprensa