Município

Turismo

Apoio ao Munícipe

Intervenção Social

Educação

Instalado numa parte das dependências do antigo Convento de S. Bento de Avis, o Centro Interpretativo da Ordem de Avis integra-se num projeto alargado de requalificação e recuperação do Centro Histórico de Avis.

A criação deste equipamento cultural constitui um projeto que, além da requalificação e valorização de um edifício histórico, permitirá a divulgação da Ordem de Avis bem como trazer novos públicos ao Centro Histórico da Vila, com base no conhecimento e valorização do património histórico. A instalação do Centro Interpretativo da Ordem de Avis no espaço conventual pretende, de igual modo, restituir a dignidade física ao edifício mais emblemático do Centro Histórico.

Parceiros
Este projeto tem como parceiros: a Universidade de Évora - CIDEHUS, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Arquivo Distrital de Portalegre, Arquivo Distrital de Évora, Santa Casa da Misericórdia de Avis, Paróquia de Nossa Senhora da Orada e Arcebispado de Évora.

Programas de apoio
A concretização do CIOA beneficiou do apoio de diversos programas, nomeadamente: EUROPH –European Routes from Order's Patrimony and Heritage; QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional (2007-2013)

Exposição
A exposição permanente patente no piso térreo propõe ao visitante um percurso cronológico pelos momentos mais relevantes da história da Ordem Militar de S. Bento de Avis ao longo dos séculos. Destaca-se a importância da Ordem nos primeiros anos de formação do reino e o consequente apoio desta na conquista e definição do território nacional, bem como diversas personalidades e episódios que marcaram a história nacional, como é caso de D. João I.

Arquivo
O piso superior do CIOA alberga um espaço integrado que inclui diversas valências: Área de Trabalho/Investigação, Espaço Pedagógico/Sala de Conferências, Reservas e Área Museológica.
Para além do apoio prestado ao nível do arquivo corrente e intermédio do Município de Avis, o CIOA detém a guarda de vários fundos documentais (Fundo do Município de Avis, Fundo da Santa Casa da Misericórdia, Coleção de Cartazes, Boletins, Arquivo Fotográfico, Livro Antigo). Este projeto permite também congregar diversa documentação sobre a Ordem Militar de S. Bento de Avis que se encontra dispersa por vários organismos (Arquivo Distrital de Portalegre, Arquivo Nacional da Torre do Tombo e Biblioteca Nacional) e que aqui se encontra reunida em formato digital.
O CIOA dispõe também de uma pequena biblioteca onde é possível aprofundar várias temáticas de âmbito local bem como consultar bibliografia específica de caráter municipal.
Além das áreas acessíveis ao público, o CIOA possui áreas de trabalho especializadas, nomeadamente o laboratório/sala de expurgo e reservas, onde se realiza o tratamento da documentação ao nível da higienização e desinfestação.
O piso superior é acessível a cidadão com mobilidade reduzida, que podem utilizar a plataforma elevatória em alternativa à escadaria. Aos utentes invisuais será prestado o serviço de apoio à leitura, sempre que solicitado.

Horário:
3.ª feira a domingo
de 1 de Outubro a 31 de Maio
9h00 às 13h00
14h00 às 17h00

de 1 de Junho a 30 de Setembro
10h00 às 13h00
14h00 às 18h00

Nota: a última entrada realiza-se 30 minutos antes do encerramento deste espaço.

Encerramento: 2.ª feira, 1 de janeiro, 24 e 25 de dezembro

Morada:
Largo Cândido dos Reis
7480 – 116 Avis

Contactos:
Tel: 242 410 093
Fax: 242 410 098
e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
GPS: 39º3'22.79388''N – 7º53'21.18073''W

Ingresso: 2,50€ € (inclui Centro Interpretativo da Ordem de Avis e Museu do Campo Alentejano)

Existem condições especiais, para mais informações consultar:

Imagem 002

Imagem 005

Imagem 021

Galeria Fotográfica

  • f1

    f1

  • f2

    f2

  • f3

    f3

  • f4

    f4

  • f6

    f6

  • f7

    f7

  • f10

    f10

  • f11

    f11

  • f12

    f12

  • f13

    f13

Links úteis

Revista de Imprensa